São Josemaria
Livros de São Josemaria

Caminho

Etiquetas: Caminho
«Lê devagar estes conselhos. Medita pausadamente nestas considerações. São coisas que te digo ao ouvido, em confidência de amigo, de irmão, de pai. E estas confidências são ouvidas por Deus».

É assim que o autor introduz Caminho, o mais conhecido e mais popular dos livros de São Josemaría. Esta obra, considerada por muitos autores como um clássico de literatura espiritual, foi publicada em 1939. Constituía uma refundição de Considerações espirituais, publicação que surgira uns anos antes.

Caminho consta de 999 pontos para a meditação espiritual pessoal. O número foi ditado pela devoção de São Josemaría à Santíssima Trindade. Aborda os diversos aspectos da vida cristã: carácter, apostolado, oração, trabalho, virtudes. Na Introdução, diz São Josemaría: «Vou reavivar as tuas recordações, para que se eleve algum pensamento que te fira, e assim melhores a tua vida e entres por caminhos de oração e de Amor. E acabes por ser alma de critério».

Em 1966, numa entrevista a Le Figaro, o Autor referia deste modo o processo de elaboração de Caminho: «Escrevi em 1934 uma boa parte desse livro, resumindo para todas as almas que dirigia – do Opus Dei ou não – a minha experiência sacerdotal. Não suspeitei que trinta anos mais tarde alcançaria uma difusão tão ampla – milhões de exemplares – em tantas línguas».
Aconselhava que fosse lido «com um mínimo de espírito sobrenatural, de vida interior e de preocupação apostólica. Não é um código do homem de acção. Pretende ser um livro que leve a viver na intimidade de Deus e a amá-Lo, e a servir a todas as almas».

>>>Ler o livro - www.escrivaworks.org

Artigos relacionados

Vídeo

Ler "Caminho" no Afeganistão

Uma jovem portuguesa conta ao Prelado do Opus Dei como ficou impressionada ao descobrir que um soldado ferido lia "Caminho" na sua convalescença, e pergunta como aproveitar melhor esse livro.

Vídeo

Recomeçar

Na Andaluzia uma pessoa pergunta se Deus não se cansa quando cometemos os mesmos erros.

Documentos